Infertilidade

A fertilidade do ser humano é relativamente baixa. Um casal apresenta uma chance de engravidar de cerca de 20% ao mês. Assim, é comum haver algum tempo entre o início das tentativas de engravidar e a gestação.

Define-se infertilidade conjugal como a ausência de gravidez após 12 meses de relações sexuais regulares sem uso de método anticoncepcional.

Este limite de tempo é importante pois, após 1 ano sem conseguir engravidar, o casal deve procurar assistência médica para uma avaliação adequada.

A fecundidade das mulheres diminui gradualmente aproximadamente aos 32 anos e diminui mais rapidamente após os 37 anos de idade. Educação e conscientização do efeito da idade na fertilidade são essenciais no aconselhamento da paciente que deseja gravidez.

Dado o declínio relativo da fertilidade com a idade, o aumento da incidência de doenças que prejudicam a fertilidade e o maior risco de perda de gravidez, as mulheres de mais de 35 anos devem receber uma avaliação acelerada e se submeter a tratamento após 6 meses de tentativas frustradas de engravidar, ou mais cedo, se clinicamente indicado.

Em mulheres mais de 40 anos, a imediata avaliação e tratamento são aconselhados.

Existem ainda situações nas quais este tempo deve ser menor: naqueles casais onde há uma suspeita de alteração inicial, como presença de menstruações irregulares, Síndrome dos Ovários Policísticos, endometriose, infecção pélvica prévia, gestação ectópica anterior, laqueadura tubárea ou vasectomia.

Causas da infertilidade

As causas da infertilidade podem ser dividas em femininas,  masculinas ou mistas e, em alguns casos, a causa pode chegar a ser inexplicável.

• 30 % são causas femininas: menopausa precoce, idade avancada, endometriose, fator tubo-peritoneal , anomalias uterinas e cervicais ou problemas ovulatórios.

• 30 % causas masculinas: alterações no âmbito testicular, obstrução de dutos, patologias na próstata, alterações na ejaculação ou ereção e alterações no esperma.

• 20 % causas mistas ou combinadas: nas quais os dois membros do casal são responsáveis.

• 20 % chega a ser uma causa inexplicável, dado que não foi possível dar o diagnóstico.

A infertilidade não é um problema raro e atinge cerca de que 15% dos casais.